Arquivo da tag: fashion designer

Cisne Negro

Atenção: pode conter spoilers!

Cisne Negro (Black Swan), com Natalie Portman, Vincent Cassel, Mila Kunis*.

Ia colocar esse filme no meio da lista das “Próximas Estreias”, mas me perdi no meio da pesquisa, lendo tudo que aparecia e vendo todos os trailers e clips do filme. Acabei descobrindo um monte de coisa mais interessante do que uma simples sinopse, então abri pra um post completo.

Pra começo de conversa, o diretor é Darren Aronofsky. Ele por acaso escreveu e dirigiu Pi. E por acaso também escreveu o roteiro e dirigiu Réquiem para um Sonho. Por aí já dá pra ter uma ideia do que se tem pela frente.

A história básica do filme é que Nina (Natalie Portman) é uma bailarina em uma companhia de dança de Nova York. Sua vida é consumida pela dança e pelos treinos e como se não bastasse, e ela mora com sua obsessiva mãe – que foi uma bailarina. Nina consegue o papel principal no Lago dos Cisnes, mas Lily (Mila Kunis), também impressiona o diretor. O Lago dos Cisnes precisa de uma pessoa que possa interpretar tanto a inocência e graça do Cisne Branco quanto a malícia e sensualidade do Cisne Negro. Nina encaixa perfeitamente no papel de Cisne Branco, enquanto Lily é a personificação do Cisne Negro. Para não perder o papel, Nina entra cada vez mais em contato com seu lado negro, o que aos pouco a transforma na vida real.

O balé Lago dos Cisnes foi composto por Tchaikovsky entre 1875 e 1876. Existem variações da história que é contada em 4 atos, eis uma delas: o príncipe Siegfried é obrigado a escolher uma esposa em sua festa de aniversário. Chateado porque não vai se casar por amor, ele foge pra floresta, onde encontra um lago com cisnes brancos. Decide caçá-los, mas quando vai atirar o arco, percebe que  um dos cisnes está se transformando numa mulher, Odette. Ele descobre que ela foi amaldiçoada por um mago de um reino vizinho e que passa os dias transformada em cisne, mas volta a ser humana à noite. Ele se apaixona por ela e volta à festa pra anunciá-la então como noiva e assim quebrar o encanto. O mago, que perderia os poderes caso isso acontecesse, entra na festa junto com sua filha, Odile, transformada através de magia em Odette, mas vestida de preto. O príncipe anuncia seu amor e o noivado, e, tarde demais, percebe seu erro. Ele volta ao lago e, como o encanto não foi quebrado e eles não podem ficar juntos, se afogam no lago.

No filme, acho que a história é um pouco diferente.

Enquanto o figurino do filme é assinado por Amy Westcott, o figurino do balé foi criado pelas irmãs Kate e Laura Mulleavy, da Rodarte. Amy usou elementos do balé nas peças de todo o filme, de forma que tudo estivesse interligado enquanto as irmãs Mulleavy deram uma atualizada no visual da dança.

“O trabalho que tivemos foi reconceitualizar e criar o figurino para o Lago dos Cisnes, que é um balé clássico, mas fazer de uma forma que iria encaixar no mundo do filme.” – Kate Mulleavy

“É meio que a mantendo em um estado infantil. Suas cores básicas foram branco, cinza e rosa. Pegamos pesado no rosa e fomos diminuindo no final. Tem um momento onde ela veste meia-calça preta em vez da rosa, e isso é aquela ruptura quando ela meio que está do outro lado da cerca.” – Amy Westcott

“A última linha [da Rodarte], outono de 2010, acho, foi bastante ‘inspirada em abutres’. Eles tinham esse monte de penas negras e coisas como essa… essa foi a linha delas, mas pra nós elas criaram novas coisas, nós colaboramos o tempo todo de um modo mais tradicional de montar os tutus, mas a linha delas foi tão interessante, já foi meio que inspirada em pássaros! Darren [o diretor] e eu trabalhamos com elas, então elas revigoraram os figurinos, o que foi ótimo. Os corpetes foram criados por um formidável designer de balé chamado Jack Brown e então a Rodarte acrescentou peças à eles para fazê-los funcionar com os cisnes negros e brancos. Mas para os principais, elas refizeram completamente os figurinos a partir do zero por conta própria. Foram trajes de balé completamente funcionais.” – Amy Westcott

“Trabalhei junto com Yumiko [uma bailarina e designer de roupas de balé] porque tínhamos muitas peças de uso diário, para as personagens de Natalie e Mila. Tínhamos uma paleta de quatro cores bem estrita: a maioria de preto, cinza, branco e rosa. (…) Passamos por seu catálogo e os collants faziam parte da linha mas nós trocamos as cores e os tecidos. (…) E foi também importante pra mim, manter o realismo. Você não quer reinventar completamente a roda.” – Amy Westcott

“Foi quase cliché no sentido de escolher rosa para Nina e cinza para Lily. Então trabalhamos cuidadosamente em um pouco de cinza em Nina e lentamente incluímos um pouco de rosa em Lily, e no final do filme, Nina usava um pouco de preto e era mais preto e cinza – ela quase perde o rosa – e Lily estava com um pouco de branco com cinza, ela não clareia. Lentamente, enquanto o caráter de Nina se desvenda, suas cores se tornam escuras.” – Amy Westcott

Agora é esperar dia 4 de fevereiro, a data de estreia do filme no Brasil (segundo o IMDb).

(*) Mila Kunis era a Jackie do “That 70’s Show” e é a matéria de capa da Nylon de dezembro.

Fontes: Imdb, The Ballet Bag, The Style Rookie

Anúncios

À Deriva

Já foi ver o filme À Deriva? Eu ainda não vi, mas já li por aí coisas bem interessantes.

aderiva_02

O blog Lilian Pacce e o Oficina de Estilo fizeram um apanhado sobre a história, os personagens e o figurino (afinal, o figurinista foi Alexandre Herchcovitch).

lilianpacce

oficina_de_estilo_

Clica nas imagens pra ir lá ler!

E quem quiser saber mais antes de ir ver, o filme tem site e blog.

Exposição ‘Christian Lacroix – Trajes de cena’

51734849Christian Lacroix é um estilista francês. Quando era novo, ele fez esboços de figurinos históricos, estudou história da arte e pretendia trabalhar em um museu. Porém, em 1978, foi trabalhar na Hermès e assim começou sua carreira na moda.

Quando passou à sua própria marca, suas coleções davam ênfase ao luxo e à fantasia. Em 2008 acabou realizando o sonho de ser curador de museus, ficando à frente de duas exposições em comemoração aos 20 anos de sua maison. A primeira foi “Christian Lacroix, Histoires de Mode”, realizada em Paris. A segunda mostra “Christian Lacroix -Trajes de Cena”, acontece a partir de agosto de 2009, no Museu de Arte Brasileira da FAAP e reúne em torno de 100 figurinos e 60 desenhos originais que já percorreram os principais teatros mundiais, vestindo atores e atrizes em produções de ballet, peças de teatro e óperas. Estão expostos, também, croquis, extratos de vídeos, entre outros.

A mostra fica no Museu de Arte Brasileira da FAAP (Rua Alagoas, 903 – Higienópolis, São Paulo) de 24/08 a 1/11/2009, de terças a sextas, das 10h às 20h e sábados, domingos e feriados, das 13h às 17h. A entrada é franca.

Louis Vuitton City Guide 2009

O novo design das caixas do Louis Vuitton City Guide 2009 traz desenhos inspirados naqueles adesivos de bagagens vintage, tipo os que os bellboys de hoteis colavam nas maletas dos viajantes.

O tradicional marrom aparece ao fundo, padronizando os livros e caracterizando a ideia de distinção do guia, e as cores representam as cidades: verde pistache para as cidades europeias, azul royal para Paris, jacarandá para Tóquio, magenta para Mumbai, amarelo-ouro para Nova York e verde amêndoa para Miami.

vuitton1

vuitton2

vuitton_image_slide_show_new_28478

vuitton_image_slide_show_new_28479

vuitton_image_slide_show_new_28480

vuitton_image_slide_show_new_28481

vuitton_image_slide_show_new_28484

vuitton_image_zoom_new_28569

No site oficial vende :)

Criação de BETC Design.

Vi no Lovely Package.

O que inspira você? (Stefano Pilati)

https://i0.wp.com/www.vinnistyle.blogger.com.br/stefano_pilati_mv.jpg“É bem pessoal. Se eu coloco algo e isso me dá uma sensação ou projeta um estado de espírito que estou buscando, então eu começo por aí. Então, porque estou trabalhando na Saint Laurent, eu penso em coisas tipo silhueta e figuras esculpidas e como eu posso me referir ao passado que temos. Então, a partir disso, eu começo a elaborar conceitos e ideias. Então eu construo isso em torno de um tema.”

Stefano Pilati, diretor criativo da Yves Saint-Laurent desde 2004.

Tradução livre do livro Fashion Now 2

E você, busca alguma inspiração pra montar looks?

Reality Show da Revista Capricho

logo Se você é estudante de moda em São Paulo, pode concorrer à uma das 20 vagas pra participar do reality show “Temporada de Moda”, da Revista Capricho.

O finalista do programa ganhará um estágio de produção de moda na revista durante seis meses. Os capítulos serão divididos em tarefas de produção de moda que serão analisadas pelos jurados e resultarão em editoriais publicados na Revista Capricho e no site do reality show.

Para participar, você precisa: Estar matriculado no 1º, 2º, ou 3º ano de uma Faculdade de Moda da cidade de São Paulo; Ser maior de 18 anos; Gostar de produção de moda; Ter disposição para ralar muito; Ter disponibilidade para as gravações, que vão acontecer no mês de julho.

Interessou? As inscrições vão até o dia 29 de maio, é só preencher a ficha de inscrição no hotsite (clica!) e enviar 3 fotos vestindo um look criativo.

Yves Saint Laurent, exposição e filmes

ysl1Comemorando o Ano da França no Brasil, que tal conhecer mais sobre Yves Saint Laurent?

Começa a partir de amanhã, 26/5, no Centro Cultural Banco do Brasil do Rio, a exposição Yves Saint Laurent – Voyages Extraordinaires que traz 50 figurinos das coleções criadas e inspiradas na cultura de vários povos que absorveu em suas viagens feitas por países como Espanha, Marrocos, Rússia e Índia. A ideia central é mostrar o diálogo entre o estilista e arte, de forma a considerar suas criações como objetos de arte e o reconhecimento de suas inspirações encontradas na arte.

ysl

Vestido da coleção de desenhos, Outono-Inverno de 1988; Fundação Pierre Bergé - Yves Saint Laurent

Além dos figurinos a mostra disponibiliza ao público 20 fotos, 30 croquis originais, dois vídeos, uma entrevista e uma montagem do último desfile no Centro Georges Pompidou, em 2002.

Fica aberto de terça à domingo, das 10h às 21h e o endereço é Rua Primeiro de Março, 66, Centro, Rio

Além disso, em São Paulo vai rolar filmes raros sobre moda, exibidos pela Aliança Francesa, e dois deles são sobre Laurent: no dia 13/06, às 20h, o filme Yves Saint Laurent 5, Avenue Marceu 75116 Paris (60 dias da rotina do ateliê de alta costura do estilista) e no dia 27/06, às 20h, Yves Saint Laurent- O tempo redescoberto (entrevista biográfica).

No Cineclube MuBE- Aliança Francesa, Rua Alemanha, 221, Jardim Europa, São Paulo- SP

Circo

Que o Circo possui uma magia que nos comove e nos toca profundamente, não é segredo algum.

Mas o que muita gente carrega e percebe dessa magia, é o sentimento que criamos ainda na infância. A alegria, as cores, os animais, e cada elemento lúdico particularmente atraentes à infância e à inocência da infância. Mas existe a magia adulta, a magia que não percebíamos quando ainda formávamos nosso gosto, nossa aprecisação e nossa paixão pelo Circo. E essa magia adulta está – além dos clichês da tristeza dos palhaços e do lado sombrio e lúgubre, que somente poderíamos perceber quando adultos – também na sofisticação da comunicação dos cenários e figurinos. Eles conseguem comunicar conosco de forma mais subjetiva e concisa, de forma mais intuitiva. Nos figurinos atuais,presenciamos o maior aproveitamento desta comunicação mágica com o público adulto, sem que se perca, pelo contrário, o contato com os sentimentos que construimos nas nossas infâncias. Vem para somar e acrescentar à magia que sempre existiu, sempre existirá e que sempre carregaremos conosco.

Sempre!

Vestidos de noiva para celebridades

001_primaryO site Brides.com pediu ao estilista Christian Siriano, esse aí da foto (que começou trabalhando como designer freelancer de vestidos de noiva em Nova Iorque) para criar possibilidades de vestidos para as celebridades que estão noivas: Uma Thurman, Rachel Bilson, Amy Adams e Zooey Deschanel.

Ele rascunhou o que acha mais adequado para cada personalidade.

Uma Thurman

uma

Nesse modelo, Christian propôs elegância; o top numa forma clássica e uma saia longa de organza e cetim. A cor é o branco clássico, com detalhes em prata e cinza.

Rachel Bilson

rachel

“Ela é tão fofa e chic”. A forma do vestido marca o corpo, o top pregueado e uma alça de um lado só, pra ficar mais moderno.

Amy Adams

amy_

“Uma verdadeira diva do tapete vermelho”. O vestido é de cetim e organza e uma camada de chiffon em um tom de cinza gelo. O corpete é marcado das costas até o meio com uma linha do busto marcada por pregas. Bem cortado atrás, mostrando as costas.

Zooey Deschanel

zooey

“Adoro a ideia de usar cores e tons para destacar alguma coisa na Zooey. O cabelo dela tem um tom escuro tão voluptuoso. Eu quis que o vestido destacasse isso com uma cor creme em vez do branco clássico”. O vestido é moderno e jovem, com um corpete de chiffon drapeado em creme sobre uma base prata clara. “Misturar cores cria profundidade”. A saia do vestido começa marcada na cintura.