Arquivo da tag: personagem

Cisne Negro

Atenção: pode conter spoilers!

Cisne Negro (Black Swan), com Natalie Portman, Vincent Cassel, Mila Kunis*.

Ia colocar esse filme no meio da lista das “Próximas Estreias”, mas me perdi no meio da pesquisa, lendo tudo que aparecia e vendo todos os trailers e clips do filme. Acabei descobrindo um monte de coisa mais interessante do que uma simples sinopse, então abri pra um post completo.

Pra começo de conversa, o diretor é Darren Aronofsky. Ele por acaso escreveu e dirigiu Pi. E por acaso também escreveu o roteiro e dirigiu Réquiem para um Sonho. Por aí já dá pra ter uma ideia do que se tem pela frente.

A história básica do filme é que Nina (Natalie Portman) é uma bailarina em uma companhia de dança de Nova York. Sua vida é consumida pela dança e pelos treinos e como se não bastasse, e ela mora com sua obsessiva mãe – que foi uma bailarina. Nina consegue o papel principal no Lago dos Cisnes, mas Lily (Mila Kunis), também impressiona o diretor. O Lago dos Cisnes precisa de uma pessoa que possa interpretar tanto a inocência e graça do Cisne Branco quanto a malícia e sensualidade do Cisne Negro. Nina encaixa perfeitamente no papel de Cisne Branco, enquanto Lily é a personificação do Cisne Negro. Para não perder o papel, Nina entra cada vez mais em contato com seu lado negro, o que aos pouco a transforma na vida real.

O balé Lago dos Cisnes foi composto por Tchaikovsky entre 1875 e 1876. Existem variações da história que é contada em 4 atos, eis uma delas: o príncipe Siegfried é obrigado a escolher uma esposa em sua festa de aniversário. Chateado porque não vai se casar por amor, ele foge pra floresta, onde encontra um lago com cisnes brancos. Decide caçá-los, mas quando vai atirar o arco, percebe que  um dos cisnes está se transformando numa mulher, Odette. Ele descobre que ela foi amaldiçoada por um mago de um reino vizinho e que passa os dias transformada em cisne, mas volta a ser humana à noite. Ele se apaixona por ela e volta à festa pra anunciá-la então como noiva e assim quebrar o encanto. O mago, que perderia os poderes caso isso acontecesse, entra na festa junto com sua filha, Odile, transformada através de magia em Odette, mas vestida de preto. O príncipe anuncia seu amor e o noivado, e, tarde demais, percebe seu erro. Ele volta ao lago e, como o encanto não foi quebrado e eles não podem ficar juntos, se afogam no lago.

No filme, acho que a história é um pouco diferente.

Enquanto o figurino do filme é assinado por Amy Westcott, o figurino do balé foi criado pelas irmãs Kate e Laura Mulleavy, da Rodarte. Amy usou elementos do balé nas peças de todo o filme, de forma que tudo estivesse interligado enquanto as irmãs Mulleavy deram uma atualizada no visual da dança.

“O trabalho que tivemos foi reconceitualizar e criar o figurino para o Lago dos Cisnes, que é um balé clássico, mas fazer de uma forma que iria encaixar no mundo do filme.” – Kate Mulleavy

“É meio que a mantendo em um estado infantil. Suas cores básicas foram branco, cinza e rosa. Pegamos pesado no rosa e fomos diminuindo no final. Tem um momento onde ela veste meia-calça preta em vez da rosa, e isso é aquela ruptura quando ela meio que está do outro lado da cerca.” – Amy Westcott

“A última linha [da Rodarte], outono de 2010, acho, foi bastante ‘inspirada em abutres’. Eles tinham esse monte de penas negras e coisas como essa… essa foi a linha delas, mas pra nós elas criaram novas coisas, nós colaboramos o tempo todo de um modo mais tradicional de montar os tutus, mas a linha delas foi tão interessante, já foi meio que inspirada em pássaros! Darren [o diretor] e eu trabalhamos com elas, então elas revigoraram os figurinos, o que foi ótimo. Os corpetes foram criados por um formidável designer de balé chamado Jack Brown e então a Rodarte acrescentou peças à eles para fazê-los funcionar com os cisnes negros e brancos. Mas para os principais, elas refizeram completamente os figurinos a partir do zero por conta própria. Foram trajes de balé completamente funcionais.” – Amy Westcott

“Trabalhei junto com Yumiko [uma bailarina e designer de roupas de balé] porque tínhamos muitas peças de uso diário, para as personagens de Natalie e Mila. Tínhamos uma paleta de quatro cores bem estrita: a maioria de preto, cinza, branco e rosa. (…) Passamos por seu catálogo e os collants faziam parte da linha mas nós trocamos as cores e os tecidos. (…) E foi também importante pra mim, manter o realismo. Você não quer reinventar completamente a roda.” – Amy Westcott

“Foi quase cliché no sentido de escolher rosa para Nina e cinza para Lily. Então trabalhamos cuidadosamente em um pouco de cinza em Nina e lentamente incluímos um pouco de rosa em Lily, e no final do filme, Nina usava um pouco de preto e era mais preto e cinza – ela quase perde o rosa – e Lily estava com um pouco de branco com cinza, ela não clareia. Lentamente, enquanto o caráter de Nina se desvenda, suas cores se tornam escuras.” – Amy Westcott

Agora é esperar dia 4 de fevereiro, a data de estreia do filme no Brasil (segundo o IMDb).

(*) Mila Kunis era a Jackie do “That 70’s Show” e é a matéria de capa da Nylon de dezembro.

Fontes: Imdb, The Ballet Bag, The Style Rookie

Entrevista

No blog SPFW tem uma entrevista muito legal com Catherine Leterrier, a figurinista responsável pelo filme “Coco Avant Chanel”.

Ela fala, por exemplo que as peças criadas para o filme estão em turnê e que ela acha que irão para o Brasil em breve!

spfw

Clica! >> http://spfw.com.br/noticia_det.php?c=3817.

O que Chuck vestiu

Quem acompanha Gossip Girl sabe que o pessoal lá tem bastante estilo. No time masculino, um dos que mais se destaca é Chuck Bass, interpretado pelo ator Ed Westwick.

O blog What Chuck Wore, posta fotos dos figurinos dele e ainda acrescenta legendas totalmente características do personagem.

chuck

Vi no The black cat walk

The Young Victoria

Emily Blunt está na Vanity Fair de maio (com capa da Gisele) em um editorial que comemora seu último filme, “The Young Victoria”. Um festival de coleções Primavera-2009 onde a atriz usa Dior, Givenchy, Christian Lacroix, Chanel e por aí vai.

emilyblunt_vanityfaireditorial_may09_1

emilyblunt_vanityfaireditorial_may09_21

emilyblunt_vanityfaireditorial_may09_3

emilyblunt_vanityfaireditorial_may09_4

No filme, que já estreou nos EUA mas ainda não tem previsão de vir pra cá, Blunt interpreta a Rainha Vitória do Reino Unido, em seus anos de juventude.

Emily está trabalhando bastante, além do “The Young Victoria”, fez “Curiosity” (2009),  “The Simpsons” (voz), “The Girl” (pré-produção, 2009), “Wild Target” (pós-produção, 2009), “The Wolf Man” (também em pós-produção, 2009), “Gulliver’s Travels” (2010), “Gnomeo and Juliet” (voz, 2010) e “Shoot the Messenger” (2010).

Ela é mais lembrada pelo papel secundário no filme “O diabo veste Prada”, mas fez vários outros ótimos filmes, entre eles, “Meu Amor de Verão” com temáticas fortes como lesbianismo, religião e obsessão.

summer-of-love

Em breve um post falando do figurino desse filme ;)

Premiere Coco Avant Chanel

Dia 6/4 rolou a premiere do filme Coco Avant Chanel no cinema Gaumont Mariginan em Paris, e Audrey Tatou, que interpreta no filme Mademoiselle Coco, apareceu usando, claro, Chanel.

audrey_chanelO vestido que ela escolheu é do desfile de alta costura de primavera 2009.

Saiba mais sobre Chanel, aqui e aqui.

Fotos: spfw.com.br, Elle.com

Associação de Figurinistas

Costume Designers Guild

cdg

Figurinismo…
Criando personagens críveis e apoiando a narrativa em um universo ficcional. Transformando palavras de um roteiro em imagens visuais, figurino conta histórias.

Desenho de figurino para figurinismo…
Apoiar a narrativa, criando personagens memoráveis e proporcionando equilíbrio dentro da estrutura usando cor, textura e silhueta.

Realização…
“… Se roupas fazem o homem, então certamente o Figurinista é não somente essencial (mas) é fundamental, pois são eles que criam a aparência da personagem sem o qual o nenhum desempenho pode ser bem sucedido.”

audrey

Audrey Hepburn, 1986

    http://www.costumedesignersguild.com/

    Lipstick Jungle

    Candace Bushnell (que escreveu Sex and the City) tem mais um livro que virou série: Lipstick Jungle.

    lipstick_jungle_ver2_sm

    Conta a história de três mulheres poderosas e como elas vivem o seu dia-a-dia, morando em Nova Iorque. Numa entrevista com a Candace em um dos vídeos do canal Marie Claire no YouTube, ela conta que essas mulheres, mais velhas, estão em um outro estágio de suas vidas (em comparação com Sex and the City). “Você percebe que tem muito a oferecer, tem muito mais confiança, realmente sabe o que está fazendo e quer estar no mundo lá fora, e as pessoas te levam mais a sério”, diz Candace.

    Na história, Wendy Healy (Brooke Shields) é a diretora-chefe do estúdio de cinema Parador.

    wendy_healy

    Nico Reilly (Kim Raven) é a editora chefe da revista Bonfire, mas querendo obter o cargo de CEO da empresa.

    nico_reilly

    E Victory Ford  (Lindsay Price) é uma estilista entre a decadência de suas últimas coleções e a busca por inspiração para novas.

    victory_ford

    São dois os figurinistas responsáveis pelas roupas das “garotas”. Daniel Lawson foi responsável pela primeira e Amy Roth pela segunda temporada.

    Pra copiar as roupas do figurino, clica!

    Vídeos no Youtube do Canal Marie Claire:

    Beauty & Style tips from Marie Claire – Episódio 28: Lipstick Jungle

    As estrelas de Lipstick Jungle e a autora do livro no tapete vermelho de um evento Marie Claire.

    Beauty & Style Tips from Marie Claire – Episódio 29: Kim Raver

    Kim Raver passa o dia na Marie Claire.

    Site oficial do seriado: www.nbc.com/Lipstick_Jungle

    E se quiser comprar o livro, na Saraiva tem: www.livrariasaraiva.com.br